Notícias

“Jogamos em casa e temos de assumir o jogo, mas os riscos têm de ser calculados”, diz Zé Nuno.

GD Prado recebe este sábado, pelas 16h00, o Joane, partida referente à oitava jornada do campeonato da Pró-Nacional.

Um jogo entre duas equipas que ocupam o 12.º lugar, com os mesmos sete pontos, ainda que o Prado tenha dois jogos em atraso, com o Vieira (casa) e Santa Maria (fora), devido à participação na Taça de Portugal.

«Sabemos que pela frente vamos ter um adversário de qualidade, um dos bons clubes deste campeonato, que está num processo de crescimento e que por isso está melhor que há umas semanas atrás», começou por referir Zé Nuno Azevedo, na antevisão ao jogo.

«Jogamos em casa e temos de assumir o jogo. No entanto, os riscos têm de ser calculados, porque em futebol não é por se atacar com 10 jogadores que se marca golos, nem por defender com 10 que não se sofre. Temos de ser uma equipa equilibrada e ambiciosa, tendo consciência de que o adversário também pode chegar a Prado e levar pontos para casa», acrescentou o técnico dos pradenses.

Zé Nuno Azevedo sublinhou ainda que a sua equipa tem «argumentos para vencer o jogo» e espera manter o nível exibicional do último jogo da Taça, na casa do Coimbrões.

«Há sempre coisas a melhorar e a corrigir pois vimos de uma derrota, embora tenhamos consciências que fizemos um bom jogo em Coimbrões. Mas isso é passada e este jogo tem caracteristicas diferentes», completou.

Para o jogo com o Joane, o técnico do GD Prado, convocou todos os jogadores, embora Maka não possa dar o contributo à equipa por se encontrar a recuperar de uma lesão.

Published by admin3330